Pugliesi volta às redes, agora como trader: “Nasci pra isso”

Afastada das redes sociais após a perda milionária de patrocínio por ter dado uma festa em meio à pandemia do novo coronavírus, a influenciadora fitness Gabriela Pugliesi agora se declara trader da bolsa de valores, ou seja, aquele investidor que compra e vende ações em um mesmo dia.

Na quarta-feira, 22, ela retornou ao Instagram e publicou vídeos rebatendo as críticas que tem recebido na rede social: “Eu sei que eu errei. Ninguém sente o que eu sinto”, disse ela, ressaltando também ter sido atacada depois de postar o vídeo desabafando sobre os dias difíceis que viveu. “Qualquer coisa que eu dissesse, iriam falar alguma coisa. Iriam criticar, jogar ódio, julgar. Pensei muito antes de falar, fazer vídeo”, seguiu.

A influencer também revelou que descobriu um novo interesse. “Estou operando na bolsa! Nunca na minha vida pensei que fosse fazer isso e amar”, afirmou em um vídeo publicado em seu Instagram nessa quinta-feira, 24.

Aos internautas, ela contou que acompanha um “morning call” — programa que fornece informação aos investidores antes da abertura do pregão — e que é grata a seus mentores, que “abriram muitas portas” para que ela começasse a investir. “Compro e vendo todo dia, faço tudo pelo ‘profit’ e já me dei bem, viu? Só ontem tomei um nabo do Banco do Brasil e ainda estou digerindo”, afirmou no vídeo. 

Gabriela também agradeceu ao trader Rafael Ferri, dono de uma plataforma de cursos para investidores.

Pugliesi não é a única a se aventurar. Muitos investidores iniciantes são atraídos pelas promessas de grandes ganhos em um curto espaço de tempo através da modalidade de day trade. A prática envolve comprar e vender ativos rapidamente — geralmente no mesmo dia. Aproveitando a volatilidade dos mercados, os ganhos podem ser expressivos, mas as perdas, maiores ainda.

Um estudo divulgado no ano passado pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP) comprovou que as pessoas mais perdem do que ganham com a prática de day trade. Os economistas Bruno Giovannetti e Fernando Chague analisaram o desempenho de 20.000 investidores que, entre 2012 e 2017, adotaram a modalidade de day trade. Nos que insistiram nesse tipo de estratégia, 97% perderam dinheiro — e o grupo acumulou um prejuízo de mais de 68 milhões de reais.

No Twitter, foi criado o perfil Pugliesi Trader, onde ironiza-se o fato de a influencer estar se declarando trader. “Não me mandem mais roupas de malhar, agora quero coletinho”, diz em postagem.

Não me mandem mais roupas de malhar, agora quero coletinhos. pic.twitter.com/G5ARwFHU57

— Pugliesi Trader (@PugliesiT) July 23, 2020

“Estamos sabendo que blogueira fitness agora está operando ações. Strong short Brazil”, ironizou o perfil Faria Lima Elevator.

Faria Lima Elevator ironizou a influencer Gabriela Pugliesi nas redes sociais.Twitter/Reprodução

The post Pugliesi volta às redes, agora como trader: “Nasci pra isso” appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *