Ibovespa sobe e se aproxima dos 105 mil; Oi dispara 20%

A bolsa brasileira sobe, nesta quinta-feira, 23, com os investidores otimistas com a temporada de balanços, após os primeiros resultados divulgados terem saído melhores do que os projetados. Nos Estados Unidos, o mercado oscila sem direção definida, após os pedidos de auxílio desemprego nos Estados Unidos superarem as expectativas e tirarem parte do ímpeto positivo. Às 10h37, o Ibovespa, principal índice de ações, subia 0,38% para 104.690 pontos.

Divulgado nesta manhã, os pedidos semanais de auxílio desemprego dos Estados Unidos ficaram em 1,416 milhões, enquanto a expectativa era de o número permanecesse em 1,3 milhões. Essa foi a primeira vez que os pedidos de auxílio desemprego cresceram de uma semana para outra desde o pico de 6,6 milhões de pedido, em 9 de abril.

A decepção com o mercado de trabalho americano o movimento dos índices futuros dos EUA, que vinha em alta, com os investidores animados com os resultados do segundo trimestre da Tesla. No período, a companhai teve lucro de 104 milhões de dólares, revertendo o prejuízo do segundo trimestre de 2019. O lucro por ação ficou em 2,18 dólares, bem melhor do que o prejuízo por ação de 0,19 dólar projetado por analistas.

Na bolsa brasileira, o grande destaque fica para as ações da Oi, que disparam 19,40%, após a Highline cobrir as ofertas da Vivo, Tim e Claro pela parte móvel da companhia e ganhar o direito de negociar com exclusividade. Vencidas, os papéis da Tim e da Telefônica, controladora da Vivo, lideram as perdas do Ibovespa, recuando 3,7% e 2,5%, respectivamente.  Agentes do mercado também acreditam que com a entrada da Highline nas negociações possam facilitar processos de aprovação no CADE.

“Isso é bem negativo para a Vivo e Tim, que terão que lidar com um novo concorrente bem capitalizado”, comentou Bruno Lima, analista de renda variável da Exame Research.

 

The post Ibovespa sobe e se aproxima dos 105 mil; Oi dispara 20% appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *