A estratégia do Banco Inter para alcançar R$ 60 bi sob custódia

De olho no segmento private, o Banco Inter ampliou a sua plataforma de investimentos. Nesta semana, o banco mineiro está lançando a WIN (Inter Wealth Management), divisão voltada para a gestão de grandes fortunas. Dentro da plataforma do banco, os clientes com mais de 1 milhão de reais terão acesso a carteiras administradas, fundos exclusivos, possibilidade para investir no exterior, entre outros. 

Em entrevista à EXAME, João Vitor Menin, presidente do Inter, explicou que o lançamento faz parte da estratégia do banco em ampliar a área de investimentos. Atualmente, o banco tem 740 mil investidores pessoas físicas e 20,5 bilhões de reais sob custódia. Com a ampliação dos serviços, a expectativa é que este valor chegue em 60 bilhões de reais nos próximos 12 meses. “Vamos triplicar.” 

Além da área de Wealth Management, o Inter criou uma categoria para clientes que tem a partir de 250 mil reais. Para este segmento, o banco oferecerá atendimento especializado de gerentes para auxiliar na estratégia de alocação dos recursos, além do acompanhamento da carteira de investimentos. Os investidores deste terão também 1% de cashback em todas as compras realizadas no crédito Mastercard Black. O valor correspondente é creditado mensalmente na conta corrente do investidor. 

No início do mês, o Inter atingiu a marca de seis milhões de clientes. Deste total, 13% investem na plataforma do banco. E a expectativa é que este percentual suba para 20%, no próximo ano. 

O otimismo do banco se deve ao cenário de juros baixos que que força o investidor a buscar novas formas de investir. Somado a isso, com a chegada da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Inter notou um aumento de buscas pelo atendimento digital. “Acabou que foi um momento oportuno. O investidor tem mais tempo para se dedicar aos investimentos, mas ao mesmo tempo ele não acesso ao gerente do banco. Não dá para ir na agência e tomar esta decisão juntos.”

Nesta semana, o Inter também lançou uma nova conta no Twitter específica da área de investimentos. “É a única entre os segmentos do banco.”  Pela rede social, os clientes acompanharão a divulgação de lives e conteúdo próprio. O banco também planeja uma semana para incentivar os clientes a investir. O evento, denominado de olimpíada, ocorrerá em setembro e dará bonificação para os que se destacarem. “Ninguém ficará alavancado. Faremos de acordo com o perfil de cada um.”

The post A estratégia do Banco Inter para alcançar R$ 60 bi sob custódia appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *