Checos fazem banquete pelo “fim do coronavírus” em mesa de meio quilômetro

Apesar de a República Checa continuar registrando algumas dezenas de novos confirmados para o coronavírus todos os dias, com um balanço de 12.000 infectados e 349 mortos, segundo os dados oficiais, milhares de pessoas se reuniram em uma mesa de 500 metros de extensão para comemorar “o fim da pandemia” em Praga, capital do país.

O encontro, que aconteceu na ponte de Carlos, um dos pontos mais conhecidos de Praga, não só ignorou qualquer medida de isolamento social como também incentivou que os participantes compartilhassem copos de bebida e sanduíches.

(David W Cerny/Reuters)David W Cerny/Reuters

O organizador da festa, Ondrej Kobza, que é também dono de um café na cidade, disse à agência de notícias AFP que o intuito do evento realizado na terça-feira foi mostrar que a pandemia não deveria impedir as pessoas de se encontrar. “Queremos comemorar o fim da crise do coronavírus, permitindo que as pessoas se encontrem e mostrem que não têm medo de se encontrar, de pegar um pedaço de sanduíche do vizinho “, disse.

Com cerca de 10 milhões de habitantes, a República Tcheca foi rápida ao impor bloqueios e conseguiu evitar um cenário dramático. Na semana passada, o governo permitiu reuniões públicas de até 1.000 pessoas. Restaurantes, bares e pubs estão autorizados a funcionar. Piscinas, museus, zoológicos e castelos podem abrir sem limite de visitantes. 

(David W Cerny/Reuters)David W Cerny/Reuters

Embora o uso de máscara no país seja obrigatório, e a despeito do alerta da Organização Mundial da Saúde, que disse esta semana que a pandemia “está longe de terminar”, pelo menos em Praga, os Checos vêm tratando a crise como coisa do passado.

The post Checos fazem banquete pelo “fim do coronavírus” em mesa de meio quilômetro appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *