Após posse adiada, Bolsonaro diz que Decotelli tem capacidade para o cargo

O presidente Jair Bolsonaro disse que novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, não quer ser “um problema”, mas defendeu sua “capacidade” para ocupar o cargo. A mensagem foi publicada na noite desta segunda-feira na sua página no Facebook.

“Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e honradez. Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério. O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco. Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos”, disse Bolsonaro.

– Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e…

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Monday, June 29, 2020

Decotelli foi anunciado como novo ministro na quinta-feira passada. Ainda na semana passada, a Universidade de Rosário disse que ele não concluiu seu doutorado na instituição, ao contrário do que havia sido informado por ele em seu currículo Lattes. Depois disso, ele corrigiu seu currículo dizendo que havia apenas cumprido os créditos obrigatórios.

No final de semana, surgiram suspeitas de que Decotelli teria plagiado trechos de sua dissertação de mestrado. Decotelli, então, anunciou que providenciaria correções no texto.

Nesta segunda-feira, a Universidade de Wuppertal, na Alemanha, negou que ele tenha feito pós-doutorado na instituição, como informado por  Decotelli em seu currículo.

The post Após posse adiada, Bolsonaro diz que Decotelli tem capacidade para o cargo appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *