Ambev investe em startup para ajudar na reabertura de bares e restaurantes

A Ambev firmou uma parceria com a startup Get In, dona de um aplicativo homônimo, para auxiliar a reabertura de bares e restaurantes que foram afetados pela quarentena do novo coronavírus. A plataforma desenvolvida pela empresa brasileira de bebidas vai digitalizar muitas operações dos estabelecimentos.

Disponível para dispositivos Android e para iPhone, o programa já tem mais de 250 mil usuários cadastrados e, segundo a Ambev, 400 pontos de venda já aderiram à plataforma. A expectativa é de que este número chegue em 10 mil até o final deste ano. O cadastro de empresas pode ser feito neste site.

A Ambev não deu detalhes claros sobre a parceria com a startup e informou que “trouxe o Get In para dentro da Z-Tech” e que “vai dar estrutura e investimento para impulsionar o app”. A Z-Tech é o braço de tecnologia da empresa de bebidas e responsável por criar serviços digitais voltados para pequenas e médias empresas.

A ideia é de que o aplicativo ajude os comerciantes a darem um passo em relação a transformação digital de seus negócios. Na prática, o Get In permite realizar pagamentos digitais, disponibilizar cardápios virtuais, gerenciar reservas de mesa e de lugares em fila de espera e facilitar a locomoção dos usuários até o local com uma integração com o Waze.

Outra novidade será a possibilidade dos restaurantes integrarem suas plataformas de delivery com o aplicativo, mas este recurso ainda está em fase de testes e não tem previsão para ser incorporado à plataforma de forma oficial.

Get In: aplicativo recebeu investimento da AmbevGet In/Divulgação

Em nota, a Ambev ressaltou o momento em que o aplicativo está chegando ao mercado. “O covid-19 está obrigando as pessoas e os negócios a mudarem a maneira de realizarem atividades”, escreveu Jean Jereissati, CEO da Ambev. Segundo o executivo, a inciativa vai “conseguir ajudar o ecossistema de bares e restaurantes a terem uma gestão do negócio mais digital e adaptada ao mundo atual”.

Crise no setor

O isolamento social do coronavírus afetou diretamente estabelecimentos como bares e restaurantes. Uma pesquisa recente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) revelou que 40% dos estabelecimentos deste segmento devem fechar permanentemente na cidade de São Paulo por conta da pandemia.

Para piorar, estudo realizados pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) que o afrouxamento do distanciamento social na capital paulista pode aumentar os casos de covid-19. Isso teria relação direta com aglomerações que poderiam ser feitas em locais como bares, restaurantes, academias, casas de shows, entre outros.

The post Ambev investe em startup para ajudar na reabertura de bares e restaurantes appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *