Ford F-150: nova geração terá ainda mais peso estratégico para a montadora

A Ford está preparando uma nova estratégia para o seu veículo mais vendido nos Estados Unidos, a F-150. A renovação deve ser crucial para a montadora em um novo e desafiador momento da indústria automotiva, principalmente após a pandemia do novo coronavírus.

A F-150 é a picape mais vendida do mercado americano há 43 anos consecutivos e o modelo mais emplacado de todos os segmentos, no país, em 38 anos seguidos. A picape não é comercializada no Brasil, mas não faltam pedidos para isso.

O lançamento global do novo modelo acontecerá nesta quinta-feira, 25, e no dia seguinte executivos detalharão o planejamento estratégico da nova família F-150 para investidores.

Em nota, a montadora afirma que a nova F-150 será o primeiro veículo produzido sob a nova plataforma elétrica da Ford e incluirá soluções inovadoras de gerenciamento de frota para os clientes comerciais.

Embora o sucesso da F-150 seja incontestável, a Ford tem concorrentes de peso no segmento, como a General Motors (com a Silverado) e a Fiat Chrysler (com a RAM 1500), que estão cada vez mais agressivas em sua estratégia no mercado mais disputado dos Estados Unidos, o de picapes de grande porte.

Para especialistas, a disputa é apenas um reflexo da profunda transformação que está acontecendo no mercado automotivo global atualmente.

A indústria automotiva sempre trabalhou com ciclos de desenvolvimento de novos produtos de 3 a 5 anos. Hoje, esse período é de menos de 3. O aporte tecnológico e os investimentos em eficiência energética são muito maiores, o que encarece toda a cadeia produtiva e dificulta a situação das empresas”, afirma Ricardo Bacellar, sócio líder para o setor automotivo na KPMG Brasil. 

Não é de hoje que a Ford, primeira marca de automóveis do mundo, vem tentando se reinventar, num mercado em que inovação é palavra de ordem. Não à toa, a novata Tesla superou toda a sua concorrência e se tornou a montadora mais valiosa do mundo.

Quando se fala em F-150, o mercado sempre espera grandes repercussões. Pode ser um ponto positivo para a Ford. Mas em um momento tão conturbado, em que as vendas de veículos estão em trajetória de queda vertiginosa por causa da pandemia, as novidades terão que ser ainda mais atraentes para fisgar um consumidor que está repensando completamente as suas opções de mobilidade.

The post Ford F-150: nova geração terá ainda mais peso estratégico para a montadora appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *