Ator Mário Frias sucede Regina Duarte e é nomeado secretário de Cultura

Após um mês da saída da atriz Regina Duarte do ministério da Cultura, o também ator Mario Frias foi nomeado como ministro da pasta no governo Bolsonaro. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União. O ator será o quinto secretário de Cultura em 17 meses de governo.

Há um mês, Regina Duarte, então secretária da pasta, anunciou sua saída do cargo. A atriz ficou no posto apenas por três meses em uma gestão marcada por uma série de controvérsias.

O anúncio foi feito em um vídeo no Twitter do presidente Jair Bolsonaro, no qual Regina afirmou ter sido convidada para assumir a Cinemateca, em São Paulo.

O órgão também é parte da Secretaria da Cultura, o que significa que Regina será subordinada de Frias. “É um museu de toda filmografia brasileira, ficar ali, secretariando o governo dentro da Cinemateca. Tem maior presente do que isso?”, disse no vídeo.

A troca aconteceu após uma série de derrotas e controvérsias no cargo. No período em que assumiu a secretaria, após encerrar um contrato de 50 anos com a TV Globo, a atriz enfrentou resistência de setores do governo e nas redes sociais de grupos identificados com a chamada “ala ideológica” ou olavista.

Nomeações e demissões feitas por Regina Duarte foram revertidas com a assinatura de outros ministros. Ela também foi criticada pela classe artística por ignorar a morte de figuras importantes da cultura brasileira, e por relativizar as mortes pela ditadura durante uma entrevista.

The post Ator Mário Frias sucede Regina Duarte e é nomeado secretário de Cultura appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *