Ataques de tubarões registram queda no mundo por coronavírus

Desde o início da pandemia de coronavírus, o número de ataques de tubarões registrou uma queda, com o fechamento das praias e as quarentenas. A informação foi divulgada pelo Arquivo de Ataques de Tubarões (ISAF) da Universidade Internacional da Flórida.

No decorrer do ano aconteceram 18 ataques de tubarão. No mesmo período do ano passaram foram registrados 24 e no ano anterior 28. Porém, três pessoas morreram em ataques de tubarão em 2020, duas na Austrália e uma na Califórnia. Em 2019 foram duas vítimas fatais.

Sete ataques aconteceram nos Estados Unidos, dois na Flórida e dois no Havaí. Califórnia, Delaware e Carolina do Norte registraram os outros ataques. “O fato de que aconteceram apenas dois ataques na Flórida nesta altura do ano é um sinal de que outro fator está em jogo. COVID-19 é a resposta óbvia, mas pode ser algo mais”, disse Tyler Bowling, diretor do ISAF.

Muitas praias, parques, portos e rampas para barcos da Flórida permaneceram fechados entre março e maio. Em alguns lugares ainda existem restrições, mas a maior parte do estado começou a reabrir sua economia no fim de maio. Normalmente, julho é a “alta temporada” de ataques de tubarões, devido ao grande número de turistas nas praias.

The post Ataques de tubarões registram queda no mundo por coronavírus appeared first on Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *